Foi uma grande recepção sem duvida aliás estávamos em um Castelo, o tratamento não seria outro a não ser de realeza, marcaram a noite as presenças,  do Ex Prefeito Geraldo Camilo, Prefeita Darc Bandeira e Ricardo Bandeira, Hilário e Carmita, Professora Dinha e Zé Eudes, e lógico a nossa presença ao lado da respectiva Ozana Belo,  familiares e amigos da Ex vereadora Anilda e de Erivan, no caso em questão os donos do castelo.

A noite foi realmente uma criança, mas viajamos pelo mundo do vinho, abriu a noite um delicioso vinho vindo da França., em seguido apreciamos outra delicia vindo do Chile e no final apreciamos um belo vinho Argentino, foi sem dúvida uma viagem longa até passamos pela Casillero del Diablo ( um belo vinho Chileno). Em fim tivemos ainda uma grande aula de história de Mulungu com o grande intelectual Dr Geraldo Camilo que depois do Rei ( Erivam) e da Rainha ( Anilda) foi a  presença que marcou a realeza.

Foi uma noite pra se registrar na história e lógico na memória, alias não é sempre que se visita um Castelo não é mesmo.  







Da Redação
As chuvas das adesões ainda não pararam e parece que vão demorar a parar, pois deste vez a prefeita Darc Bandeira recebeu o apoio politico do líder comunitário João do Castro como é conhecido, ele vem junto com sua esposo que foi candidata a vereadora em 2008. João e Lindiane se destacam pelos trabalhos sociais que desenvolvem a muito tempo na região da Lealandia e da grande Utinga, sempre lembrando datas importantes como o natal, dia das mães, dia das crianças e etc. Eles declararam apoio integral e irrestrito a todos os candidatos que estão sendo apoioados pela prefeita Darc Bandeira para as eleições de 2014.

A prefeita Darc Bandeira comemorou a adesão, alegando que os novos aliados politico ajudaram para o desenvolvimento de Mulungu. 

VEJA ABAIXO A POSTAGEM DE DARC EM SEU FACEBOOK

Mais uma adesão ao nosso grupo. João do Castro e sua esposa a professora Lindiane juntam-se a nós para darmos continuidade ao desenvolvimento de Mulungu. Sejam bem vindos amigos e avante A FORÇA DO TRABALHO! 

Da Redação


O governo pode contratar até 24.867 servidores por concurso público no Executivo no ano que vem para ocupar cargos que já existem e estão vagos ou substituir terceirizados.
Essas possíveis contratações são definidas no Anexo V da proposta de orçamento federal, que foi entregue ao Congresso Nacional nesta quinta-feira (28) pelo governo.
A margem de contratação para o próximo ano é menor que a deste ano, que foi de 47 mil servidores, de acordo com o previsto na proposta de orçamento de 2014, divulgado no ano passado. Nesta quinta-feira, o Ministério do Planejamento informou que este número subiu para 50,4 mil servidores (cargos já existentes e substituição de terceirizados no Poder Executivo).
Estão previstos concursos públicos para várias áreas no Poder Executivo no ano que vem, mas as prioritárias são Educação, Saúde, Segurança Pública, Previdência Social e Econômica, segundo o ministério.
Se todas as vagas forem ocupadas, a despesa no ano que vem será de R$ 1,8 bilhão para o Executivo (incluindo cargos para civis, militares, substituição de terceirizados e militares do GDF).
Civis, substituição de terceirizados e militares
Entre as contratações por meio de concursos para 2015 no Executivo estão 23.468 cargos vagos já existentes para civis, que poderão ou não ser usados; e outros 1.399 cargos para substituir terceirizados – totalizando os 24.867 cargos que podem ser preenchidos por concursos públicos.
Além dessas, há ainda 7.072 vagas nas Forças Armadas e 2.637 para militares do governo do Distrito Federal. Com isso, há ao todo 34.576 vagas no Executivo, mas nem todas serão preenchidas por meio de concurso.
Outros Poderes
Nos Poderes Legislativo e Judiciário, que poderão autorizar as contratações de forma independente, são 4.854 vagas. Para o Ministério Público da União e Conselho Nacional do Ministério Público, estão previstas outras 1.642 e, para a Defensoria Pública da União, mais 172 vagas. Ao todo, portanto, a proposta de orçamento enviada ao Congresso Nacional prevê 41.244 mil vagas - contra 67.777 neste ano.
Anexo V
O Anexo V é a parte da proposta orçamentária com autorizações específicas de despesas de pessoal e encargos sociais. Os cargos vagos existentes por ano indicam o limite máximo de postos a serem criados com aprovação no Congresso Nacional e de vagas a serem ocupadas no serviço público, boa parte por meio de concurso público.
A quantidade de vagas considera os três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), o Ministério Público da União e o Conselho Nacional do Ministério Público.
O Anexo V é autorizativo, ou seja, apenas indica uma expectativa de criação de cargos e de ocupação de cargos vagos já existentes, que não necessariamente será total.
O Ministério do Planejamento ressalta que, levando em conta as condições econômicas, o governo autoriza os concursos que considera estratégicos para o atendimento de programas e áreas prioritárias ao país e essenciais para o funcionamento da administração pública. O ministério autoriza apenas os concursos do Poder Executivo.
No Anexo V, as vagas que poderão ser utilizadas são as da coluna “Provimento, Admissão ou Contratação”. As vagas da coluna “Criação” dizem respeito a cargos com probabilidade de serem criados por meio de lei.
A coluna “Criação” do Anexo V traz novas propostas de criação de cargos além do estoque dos “herdados de orçamentos passados”, que tratam de projetos de lei de criação de cargos que tramitam ou aguardam aprovação no Congresso Nacional. Enquanto não forem aprovados, continuarão a constar nos orçamentos seguintes.

G1
O nome da funkeira Anitta, foi divulgado oficialmente como uma das atrações contratas para a Festa da Luz 2015. O anuncio foi feito pelo próprio prefeito Zenóbio, em seu programa  de rádio.
A bela tem subido importantes degraus na sua carreira de cantora. Seu ultimo trabalho apresenta músicas que vem agradando aos fãs. Cliquei aqui e ouça a mais nova musica de trabalho.

Com Portal Midia
Nesse fim de semana o professor Nato Cabral confirmou que acompanhará nesta eleição os candidatos que estão sendo apoiados pela prefeita Darc Bandeira, o anuncio foi comemorado tanto por Darc como pelos aliados políticos, que deram as boas vindas, ou melhor o bom retorno do professor Nato Cabral ao grupos pois Nato já foi aliado " No caminho da volta ninguém se perde" foi o que relatou Nato Cabral.

O professor Nato é conhecido por dispor de várias estrategias na politica,  durante as campanhas que já participou e pelo seu poder de articulação diante dos bastidores e também é um especialista no trabalho corpo a corpo. Nato é mais um que adere ao projeto politico da Prefeita Darc, vale a pena lembrar as aquisições recentes como por exemplo: Luis Presentino, João de Olindina, Fábio do Castro, a confirmação do apoio da ex vereadora Anilda e etc.

Da Redação

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), por meio do juiz federal Rudival Gama do Nascimento, acatou parecer do procurador Rodolfo Alves Silva e encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) notícia-crime contra o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), acusado de comprar o apoio político do prefeito de Caiçara, Cícero Francisco da Silva, do vice-prefeito da cidade e de mais quatro vereadores.
A nova acusação contra Cássio, cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por abuso de poder político e econômico em 2006, foi protocolada na Polícia Federal da Paraíba pela assessoria jurídica da coligação ‘A Força do Trabalho’, encabeçada pelo governador e candidato à reeleição Ricardo Coutinho (PSB). O esquema de compra de apoio político envolve também o presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Ricardo Marcelo (PEN).
De acordo com o advogado Celso Fernandes, a coligação ‘A Força do Trabalho’ teve acesso a uma gravação que revela detalhes do novo crime eleitoral praticado por Cássio. “A gravação é contundente, cita nominalmente as pessoas da coligação adversária e valores de R$ 200 mil e de R$ 600 mil”, afirmou.
Diante das novas denúncias, o procurador Rodolfo Alves Silva solicitou o que STF investigue o candidato tucano que, por ser senador, possui foro privilegiado. “Como se sabe, os senadores possuem foro privilegiado por prerrogativa de função, de modo que os crimes comuns por eles praticados, dentre eles eleitorais, devem ser julgados pelo Supremo Tribunal Federal”, disse o procurador em eu parecer.
Leia abaixo cópia o despacho do juiz Rudival Gama do Nascimento.
Despacho do juiz Rudival Gama do Nascimento
O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, negou nesta segunda-feira (25) que esteja havendo atritos entre o PSB e o PT na Paraíba. Segundo Luciano, tem muita gente tentando criar problemas e atritos dentro da coligação A Força do Trabalho, que tem Ricardo Coutinho (PSB) como candidato ao Governo da Paraíba e Lucélio Cartaxo (PT) para o Senado Federal.
“Com o objetivo de fazer uma divisão, tem muita gente tentando criar problemas e atritos dentro da nossa coligação. Mas nós estamos firmes e fortes”, ressaltou o prefeito.
Segundo ele, a campanha está bem postada e todos os partidos que integram a coligação, seus militantes e aliados têm clareza do desafio que é fazer uma campanha embasada na união. “Só se ganha eleição tendo união, tendo compromisso, e nós temos a clareza que isso está acontecendo. A gente tem a grande maioria apoiando Ricardo e Lucélio”, disse Luciano Cartaxo.

ParlamentoPb
Impulsionado pelo aumento das motos no Nordeste, o número de indenizações pagas pelo seguro obrigatório de veículos (DPVAT) no primeiro semestre dobrou em três anos, saltando de 165 mil entre janeiro e junho de 2011 para 340 mil no mesmo período de 2014, segundo dados da Líder-DPVAT, que administra o seguro.
A alta de 106% contrasta com o crescimento de 28% da frota nacional entre junho de 2011 e o mesmo mês em 2014, conforme dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).
Desde 2012, a região Nordeste lidera o ranking do recebimento de indenizações, mesmo com apenas 16% da frota nacional. Segundo o DPVAT, a explicação é que o crescimento da frota no Nordeste e Norte se deu principalmente pelas motos, que lideram os pagamentos feitos pelo seguro obrigatório a vítimas de acidentes.
“Em alguns estados do Norte e Nordeste, a porcentagem de motocicletas (na frota) chegou a 55%, enquanto a média nacional é de 27% e em São Paulo é 20%. Além disso, os estados são maiores e têm dificuldade de fiscalização. Pessoas andam sem capacete, com até quatro na moto”, afirma Marcio Norton, diretor de relações institucionais da Líder-DPVAT.
O crescimento da frota de motos no Nordeste começou a se destacar em 2010. No ano seguinte, a região superou o Sudeste em vendas pela primeira vez. Só na Paraíba, o número de motocicletas subiu 638% em pouco mais de 10 anos.
As motocicletas, principalmente de baixa cilindrada, passaram a ser usadas no trabalho, no lugar do jegue. Em março deste ano, o Ministério Público do Rio Grande do Norte promoveu uma degustação de carne de jumento, para chamar a atenção para o abandono desses animais nas estradas do estado.
Fred Pimentel, Aguinaldo Ribeiro e Darc Bandeira

Mesmo com as fortes chuvas que caíram na noite desta quinta-feira (21), uma multidão compareceu ao lançamento do Comitê “Aguinaldo-Dilma”, em João Pessoa. O evento reuniu importantes lideranças políticas de todo o Estado e contou com as presenças dos ministros do Governo Federal, Gilberto Occhi (Cidades) e Gilberto Carvalho (chefe da Secretaria Geral da Presidência da República), que declararam apoio à candidatura a reeleição do deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP).

Também Marcaram presença no evento a Prefeita Darc Bandeira que estava ao lado se seu esposo Ricardo Bandeira além do Vereador Fred Pimental e Manoel Garcia. 

Veja o que publicou Darc Bandeira em sua pagina do Facebook:


Participamos agora a pouco em joão Pessoa da inauguração do comitê do nosso Deputado Federal Aguinaldo Ribeiro. Inauguração bastante prestigiada com a presença de vários prefeitos e dois Ministros de Estado.
Aguinaldo Ribeiro e Manoel Garcia

Aguinaldo Ribeiro


Da Redação(Adaptado do Pbagora)

O Copyright Office, órgão do governo norte-americano responsável pelo registro de direitos autorais, determinou que uma foto tirada por um macaco não pertence ao bicho. A determinação foi incluída em uma atualização de termos divulgada na terça-feira (19), que especifica: "O órgão não registra trabalhos produzidos pela natureza, animais ou plantas". Entre os exemplos, estão "uma foto tirada por um macaco" e "um mural pintado por um elefante".

O órgão dos EUA equivale no Brasil ao Inpi ( Instituto Nacional da Propriedade Industrial). Apesar de seu texto não tratar de casos específicos, a determinação pode ser usada em uma batalha entre o fotógrafo britânico David Slater e a Wikimedia Foundation, organização responsável pela enciclopédia colaborativa Wikipedia.

O profissional afirma ter os direitos sobre o selfie registrado com sua câmera, por uma macaca da Indonésia. A Wikimedia discorda e, por isso, disponibilizou o autorretrato no Wikimedia Commons. Esse braço da fundação oferece conteúdo de domínio público – que pode ser usado por qualquer um, sem pagamento. Se Slater levar adiante a briga na Justiça, ele pode usar a seu favor os argumentos fornecidos pelo Copyright Office.

'Xis'
O registro da foto foi em 2011, durante uma viagem de Slater à Indonésia. Na ocasião, ele acompanhou um grupo de 20 macacos pela floresta da ilha de Sulawesi. No final do segundo dia da expedição para tirar fotos, os macacos já pareciam estar acostumados com o fotógrafo. Foi quando começaram a procurar insetos em seu cabelo e a inspecionar sua câmera, conforme relatou ao "Daily Mail".

"Eles passaram a mostrar um lado brincalhão, pulando em cima do equipamento. A princípio, o barulho do clique os assustou, mas alguns voltaram." Slater então colocou a câmera sobre um tripod (suporte) e deitou no chão segurando o equipamento, para que os macacos não o levassem embora. Durante cerca de meia hora, ele deixou os bichos brincarem com a novidade – eles registraram centenas de fotos e, entre elas, estava o famoso selfie.

Sobre a imagem que rodou o mundo, ele explicou: "Não se trata de um sorriso". Segundo Slater, esses macacos mostram os dentes quando veem um semelhante que não conhecem – foi o que fez a macaca, quando se viu refletida na lente. "Pode indicar uma situação em que eles não sabem o que fazer." 
Com o fraco desempenho da economia e com as desonerações de tributos feitas pelo governo, a arrecadação de impostos e contribuições federais, e das demais receitas, somou R$ 98,81 bilhões em julho deste ano.
Com isso, recuou 1,6% frente ao mesmo mês do ano passado. Este também foi o menor resultado para meses de julho desde 2010, quando a arrecadação somou R$ 88,58 bilhões. Os valores, divulgados pela Receita Federal nesta sexta-feira (22), foram corrigidos pela inflação.
Copa do Mundo impacta resultado

As atividades econômicas, que já estavam lentas, praticamente estacionaram no mês de junho, quando começou a Copa do Mundo no Brasil. Segundo o Fisco, a arrecadação foi impactada por menos dias úteis naquele mês. Com menos produção e venda de produtos, entre outras atividades, o governo arrecada menos impostos.

"A arrecadação veio abaixo do que era esperado (...). A Copa do Mundo gerou um nível de atividade menor pela quantidade de dias úteis menor. O comércio fechava mais cedo. E isso é o que gera menos atividade das empresas. Afeta em parte o resultado das empresas e, também, a arrecadação", declarou o secretário-adjunto da Receita Federal, Luiz Fernando Teixeira Nunes.
G1

A paraibana Luiza Erundina foi escolhida como a nova coordenadora geral da campanha da presidenciável Marina Silva (PSB).

A paraibana é deputada federal pelo estado de São Paulo e assume a função, que até então era ocupada por Carlos Siqueira,  secretário-geral do PSB, após reunião que aconteceu no comitê central de campanha noite desta quinta-feira (21) com integrantes dos partidos da coligação encabeçada pelo PSB.

Erundina é uma das pessoas filiadas ao PSB mais próximas à Marina Silva.

De acordo com informações, a saída de Siqueira teria sido provocada pela nomeação de Walter Feldman (PSB), aliado de Marina na Rede, como coordenador adjunto da campanha.

O coordenador de mobilização e articulação, Milton Coelho, também informou à legenda que deixará o posto na campanha e voltará para Pernambuco.  


MaisPB
O secretário de cultura da Paraíba, o músico Chico César, comemorou publicamente na noite desta quinta-feira (21), a aliança entre PSB e PT para a disputa estadual e o rompimento da gestão do governador Ricardo Coutinho (PSB) com seu ex-aliado e agora candidato de oposição, Cássio Cunha Lima (PSDB). Para Chico, aliar-se com o PT é um retorno ao passado de luta dos dois partidos e que o senador tucano sempre será um ‘inimigo’.
“Cássio Cunha Lima é nosso adversário, sempre foi. Mesmo na condição de aliado era ‘dormir com o inimigo’, e agora esse inimigo não dorme mais com a gente. Agora estamos caminhando ao lado de companheiros históricos, gente que fez a luta do povo da Paraíba conosco no passado, e é uma honra estar marchando novamente com o Partido dos Trabalhadores”, disparou o secretário.

ParaibaJá
Milital ao lado da Prefeita Darc Bandeira
Desta vez foi o líder comunitário, que reside no conjunto Achilles leal, quem declarou apoio ao projeto politico da Prefeita da cidade de Mulungu, Darc Bandeira. Boatos davam conta de que Milital teria uma posição diferente inclusive um portal da cidade teria postado fotos sem autorização do mesmo, na tentativa de criar factoides. Milital como é conhecido na cidade de Mulungu disse está feliz com a decisão, e está para o que der e vier, ele disse ainda que não medirá esforços para o sucesso politico do grupo e que torce para o desenvolvimento de Mulungu " Um novo Tempo Chegou"

Darc comemorou a adesão do líder comunitário, e fez questão de frisar que a divulgação da foto tem autorização de Milital veja abaixo o que divulgou Darc em sua página no Facebook:

Mais uma adesão no dia de hoje. Trata-se do nosso amigo Militar, liderança do Conjunto Achilles Leal, que confirma o apoio a nossa gestão e a coligação A FORÇA DO TRABALHO. Juntos rumo a continuação em benefício da população! " " E essas fotos são postadas com a autorização do mesmo".
Momento de descontração


Da Redação

Uma autoridade do Hamas disse que membros do grupo militante sequestraram três adolescentes israelenses cujas mortes em junho provocaram uma espiral de violência que levou à atual guerra em Gaza, na primeira vez que o movimento islâmico reconheceu envolvimento no caso.
Em uma conferência em Istambul, Saleh al-Arouri, autoridade do Hamas na Cisjordânia que vive exilado na Turquia, aparentemente confirmou as acusações israelenses de que o grupo militante islâmico foi responsável pelo sequestro dos adolescentes.
"Houve muita especulação sobre esta operação, alguns disseram que era uma conspiração", disse al-Arouri a delegados durante reunião da União Internacional de Acadêmicos Islâmicos, na quarta-feira, segundo gravação divulgada pelos organizadores.
"A vontade popular foi exercida em toda a nossa terra ocupada, e culminou na operação heróica das Brigadas Qassam em aprisionar os três colonos em Hebron", disse, referindo-se o braço armado do Hamas.
Até então autoridades do Hamas se recusavam a confirmar ou negavam envolvimento.
Histórico
Os corpos dos três jovens israelenses que desapareceram na Cisjordânia foram encontrados em 30 de junho, com marcas de tiros. A tensão aumentou, com Israel respondendo aos disparos feitos por Gaza. No dia seguinte, um adolescente palestino foi sequestrado e morto em Jerusalém Oriental. A autópsia indicou que ele foi queimado vivo.
Israel prendeu seis judeus extremistas pelo assassinato do garoto palestino, e três dos detidos confessaram o crime. Isso reforçou as suspeitas de que a morte teve motivação política e gerou uma onda de revolta e protestos em Gaza.
No dia 8 de julho, após um intenso bombardeio com foguetes contra o sul de Israel por parte de ativistas palestinos, a aviação israelense iniciou dezenas de ataques aéreos contra a Faixa de Gaza. Os militantes de Gaza responderam aos ataques, disparando foguetes contra Tel Aviv. Após os bombardeios, Israel decidiu atacar Gaza também por terra
Com G1
Um japonês nascido há 111 anos foi reconhecido nesta quarta-feira, 20, como o homem mais velho do mundo.
Sakari Momoi, ex-diretor de uma escola nascido no dia 5 de fevereiro de 1903, recebeu o certificado do livro Guinness confirmando seu feito.
Vestido de forma elegante com um terno preto, camisa branca e uma gravata prateada, Momoi reuniu a imprensa na residência de idosos onde vive e disse que não tem pressa em ir embora.
"Quero viver mais uns dois anos", confessou.
Momoi recebeu o título após a morte em junho do americano Alexander Imich, nascido um dia antes.
Embora não escute bem, Momoi está bem de saúde. Gosta de ler e assistir sumô na televisão, segundo a imprensa local.
A mulher mais velha do mundo, Misao Okawa, de 116 anos, também é japonesa.
Cerca de 25% dos 128 milhões da população do Japão têm 65 anos ou mais. As previsões indicam que esta porcentagem, uma das mais altas do mundo, vai disparar a 40% nas próximas décadas.
Diário Digital

Cerca de 52 funcionários que foram demitidos da Prefeitura de Araçagi deram início a um protesto na manhã desta quarta-feira (20) e bloquearam Avenida Leste-Oeste, principal avenida do município, dificultando o acesso entre as cidades circunvizinhas. De acordo com as informações, os manifestantes protestam contra a decisão do prefeito em demitir as pessoas que realizaram o concurso público no de 2011.
Segundo um dos manifestantes, eles aguardam a chegada do prefeito da cidade, Didi Braz, para se reunir com os protestantes.
A Polícia Militar está no local.

Da Redação / Nordeste1.com


Com o mercado já esperando que a economia brasileira cresça menos de 1% este ano, o Banco Central anunciou nesta quarta-feira (20) duas medidas que vão liberar cerca de R$ 25 bilhões para os bancos emprestarem aos seus clientes. A intenção é estimular o crescimento com a maior oferta de crédito.
Uma das medidas, que vai liberar R$ 10 bilhões, altera novamente as regras dos depósitos compulsórios (recursos que têm de ser mantidos pelos bancos no próprio BC). A alteração reduz os valores que deverão ser mantidos em reserva, liberando mais recursos para os bancos emprestarem.
"Dando continuidade às medidas de distribuição da liquidez na economia, o Banco Central do Brasil alterou normas relativas ao recolhimento compulsórios sobre recursos a prazo, com impacto adicional estimado em R$ 10 bilhões", informou a instituição. A liquidez é a disponibilidade de dinheiro ou de títulos que podem ser convertidos em moeda rapidamente.
Em julho, o BC já havia liberado R$ 45 bilhões para os bancos emprestarem. As alterações acontecem em um momento em que a economia dá sinais de fraqueza. O chamado Índice de Atividade Econômica do BC (o IBC-Br), que busca ser um antecedente do Produto Interno Bruto (PIB), registrou retração de 1,2% no segundo trimestre – o maior recuo do indicador desde 2009.
Com G1